Ou 11 caminhos para encontrar o seu fluxo de harmonização

Como surfar na Transição

Os 11 caminhos para encontrar o seu fluxo de harmonização

 

Na minha experiência nestes + de 10 anos como terapeuta, coach e “soul hacker” tenho observado que existem alguns caminhos que nos ajudam a lidar com momentos de crise aguda, seja uma crise pessoal, seja uma crise sistêmica, como a que estamos vivendo agora.

Crises sistêmicas são crises coletivas que afetam todas as dimensões da vida. Nada fica de fora. Ninguém escapa. É uma crise holística com múltiplas fontes, variáveis e possibilidades simultaneamente integradas.

É uma mudança de alinhamento no eixo central dos valores, princípios, prioridades e paradigmas que regem a sociedade como um todo.

Trabalho, economia, cultura, tecnologia, clima, educação, política, relações, mídia, família, religião, saúde, dinheiro, comportamento social, tudo, absolutamente tudo é radicalmente transformado numa crise sistêmica.

É uma mudança de fase, de modelo e de sistema operacional global.

Diante deste cenário disruptivo, complexo, acelerado e hipermutante é bastante natural nos sentirmos perdidos, com medo e confusos sobre o que fazer e como nos posicionar para nos sincronizarmos com esta gigantesca onda de transformação.

Daí emerge a necessidade de  harmonização, de conhecimento psico-espiritual, costurado ao longo dos séculos por milhares de experiências reais, para nos ajudar a lidar com tamanha complexidade.

Olhar pra dentro, observar, refletir, sentir, liberar, intuir e fluir são alguns dos caminhos. Vejamos o que mais nos pode ser útil.

  1. Relaxamento

No stress tendemos a repetir padrões de pensamento, sentimento e comportamento. Os padrões vem do passado mas as soluções do passado não nos servem mais, precisamos de novas sinapses, novas soluções, novas visões e novos caminhos.

Quem abre esta porta é o estado de relaxamento dinâmico que alcançamos quando estamos num estado de fluxo orgânico, também conhecido como estado de flow.

Relaxar é o começo!

2. Criatividade

A criatividade é uma benção divina e um dos elementos de maior potencial espiritual para a cura e conexão.

Quando dançamos na criatividade ativamos engrenagens multidimensionais que azeitam nossos núcleos energéticos internos que se manifestam numa freqüência superior à anterior.

Criar abre os portais sagrados do universo universal.

Relaxou ? Agora cria a si mesmo !

3. Prática pessoal

Para encontrarmos o nosso caminho em meio ao caos, autoconexão é fundamental.

Dificilmente vamos encontrar respostas do lado de fora.

A fonte de direcionamento e significado mais confiável está dentro de nós mesmos.

Ninguém sabe sozinho como resolver os problemas globais, mas é possível saber o que nós temos que fazer individualmente.

Se cada um souber o que tem que fazer, e fizer, todos os nossos problemas seriam resolvidos muito rapidamente.

Mas para ter esta clareza, é muito importante ter uma prática pessoal diária de harmonização com a nossa essência.

Sem isso, é quase impossível sustentar um bom grau de conexão, e sem conexão, o gps não funciona, e sem gps, ficamos perdidos.

Portanto, encontre uma prática que te atrai (dançar, cantar, meditar, pintar, sonhar, escrever, caminhar, etc) e pratique diariamente.

4. Confiança

Depois que saltamos de paraquedas, é melhor confiar que ele vai abrir. Nós já estamos aqui, “encarnados”.

Escolhemos estar aqui neste momento de transição planetária, então é melhor confiar que tudo vai dar certo, do jeito que for possível.

A confiança é o antídoto contra o vírus sistêmico do medo.

Con+fiar é tecer a rede com fios de amizade e conexões amorosas para sustentar o processo de transição.

5. Alimentação

Cuidar da alimentação talvez seja uma das ações mais revolucionárias atualmente.

Plantar a sua horta, preparar o seu alimento, comer orgânicos, eliminar produtos químicos, geneticamente modificados e industrializados e mudar hábitos alimentares ajudam muito no fortalecimento da autoconexão, na autocura e na mudança de paradigmas.

Há quem diga que uma mudança econômica real apenas será possível com a mudança na alimentação, concordo.

6. Corpo

O corpo é a base multifuncional da vida. É o principal veículo de manifestação da nossa consciência na 3D. Sem ele não estaríamos aqui. Isto já deveria ser o suficiente para nos convencer da sua importância mas parece muitas vezes esquecemos de cuidar do nosso corpo.

Lembre-se, o corpo é o nosso hardware e precisa tanto de movimento como de descanso.

7. Sono

Dormir bem é a melhor forma de restartar o nosso sistema psico-energético. Durante um sono bom processamos os conteúdos psicológicos vivenciados durante o dia, restauramos a nossa energia (o que estimula os processos de autocura) e reorganizamos a consciência como um todo.

Atualmente dorme-se muito mal, especialmente nas grandes cidades.

Alimentação pesada, café, poluição sonora, drogas, falta de atividade física, stress e excesso de estímulos estão entre os principais fatores prejudiciais.

Talvez o mais importante para melhorar a qualidade do sono seja encontrar um jeito de se preparar para dormir, ou seja, de ritualizar o ato de dormir.

8. Sonhos

Um bom sono geralmente vem acompanhado de bons sonhos, ou seja, de sonhos restauradores, que informam, orientam, energizam e até curam.

Estabelecer uma relação como o mundo dos sonhos é fundamental para quem quer se comunicar com o inconsciente e aprender sobre si mesmo.

Para isso, basta começar a anotá-los e a interagir com eles, conversando, desenhando, dançando, sentindo e dando vida a eles.

9. Relações

Curar as relações talvez seja uma das nossas maiores prioridades. Bloqueios psico-emocionais e afetivos, seja na família, no trabalho ou nos grupos de amigos, são um dos maiores entraves em nossa evolução.

Relações mal resolvidas e pendentes minam a nossa energia e roubam a nossa vitalidade.

A meta é harmonização todas as relações, em todos os níveis, o mais rápido possível. E para isso, existem infinitas maneiras de fazer.

E é importante que cada pessoa encontre a sua.

10. Causas

Estamos na era da colaboração, da cocriacão e do compartilhamento em rede.

Dedicar-se a uma ou várias causas além de ser altamente prazeroso, energizante e restaurativo, é também fundamental para a nossa realização espiritual.

Apoiar, investir, divulgar, mobilizar, voluntariar e colaborar com causas, movimentos e projetos verdadeiros gera abundância, traz contentamento e exponencializa a evolução individual, coletiva e global.

Precisamos estar juntos para sustentar a transformação e todos temos muito a oferecer.

11. Inovação

Todos os itens anteriores convergem para a necessidade urgente de inovar em nossas vidas.

Crise estimula mudança de visão, percepção, consciência e, principalmente, de comportamento.

De nada adianta saber sem agir, compreender sem mudar, conhecer sem transformar.

A mudança só é plena quando abandonamos padrões obsoletos do passado e atualizamos o nosso estilo de vida na prática.

Isso significa desde arrumar o armário até mudar os hábitos alimentares, passando por curar as relações, abandonar vícios destrutivos, desapegar de tudo aquilo que não serve mais; cuidar de si mesmo, dos outros e do planeta; reciclar o lixo, participar pró-ativamente de movimentos de inovação social, colaborar com causas transformadoras, diminuir o seu impacto ambiental e alinhar a sua ação com o seu propósito de vida de forma criativa, divertida e conectada.

Inovar é o melhor caminho para entar em sinc com o futuro.

Bom meus amigos e amigas, a lista não termina por aqui, mas considero que estes caminhos já sejam um bom começo.

O que posso dizer é que comigo tem funcionado. Espero que seja útil para vcs também.

Um abraço.

Fabio Novo

www.holoplex.org

18/10/15


Also published on Medium.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *